Mega roleta

SEÇÕES

2023 é o ano mais quente em mais de um século, diz relatório da OMM

O documento, divulgado nesta quinta-feira (30) apresenta um panorama da atual situação do clima no mundo.

2023 é o ano mais quente em mais de um século, diz relatório da OMM. | Arek Socha por Pixabay/ Edição: Mega roleta Mega roleta
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Conforme a versão provisória do Estado Global do Clima de 2023, publicada pela a organização Meteorológica Mundial (OMM), com apoio do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), até outubro deste ano, a temperatura média da superfície global ficou 1,4°C acima da média de 1850/1900.

Com este valor, o ano de 2023 é considerado o mais quente em 174 anos de medições meteorológicas, superando os anos de 2016, com 1,29°C acima da média, e 2020, com 1,27°C acima da média. O documento, divulgado nesta quinta-feira (30) apresenta um panorama da atual situação do clima no mundo.

Ainda de acordo com a publicação, os últimos nove anos, de 2015 a 2023, serão os mais quentes da história. Além disso, a média global de temperatura nos últimos dez anos, de 2014 a 2023 (até outubro), ficou 1,19°C acima da média de 1850/1900, sendo a década mais quente já registrada.

Anomalias de temperatura média da superfície (diferença em relação à média de 1991 a 2020) para 2023 até outubro./ Reprodução

Em 2022, as concentrações dos três principais gases de efeito estufa (dióxido de carbono, metano e óxido nitroso) atingiram níveis recordes. Em 2023, dados de locais específicos mostram que os níveis dos três gases estão em constante crescimento, tornando o cenário mais preocupante.

Anualmente, a OMM emite relatórios sobre o Estado Global do Clima para divulgar informações atualizadas sobre as condições climáticas globais. Os relatórios abrangem uma variedade de temas, incluindo temperaturas, níveis do mar, concentrações de gases de efeito estufa e eventos climáticos extremos. O estudo é essencial para o monitoramento das mudanças climáticas e orientação de políticas de mitigação e adaptação, além de desempenhar papel fundamental na Conferência das Partes (COP) das Nações Unidas sobre Mudança do Clima.

E NO BRASIL? 

No Brasil, o ano de 2023 também se destaca como um dos mais quentes da história do País desde a década de 60, segundo o Inmet. Em quatro meses consecutivos, de julho a outubro, as temperaturas ficaram acima da média histórica, sendo que setembro apresentou o maior desvio (diferença entre o valor registrado e a média histórica) desde 1961, com 1,6°C acima da média histórica no período de 1991/2020.

2023 é o ano mais quente em mais um século./Foto: Jéssica Dayane 

Em 2023, os meses citados foram marcados por calor extremo em grande parte do País e eventos de onda de calor, reflexo dos impactos do fenômeno El Niño (aquecimento acima da média das águas do Oceano Pacífico Equatorial), que tende a favorecer o aumento da temperatura em várias regiões do planeta. Além disso, outros fatores têm contribuído para a ocorrência de eventos cada vez mais extremos, como o aumento da temperatura global da superfície terrestre e dos oceanos.

O instituto ainda destacou que a parcial de novembro deve seguir a mesma tendência. Uma onda de calor mais abrangente e persistente, com 12 dias seguidos de temperaturas acima da média, foi registrada no mês. A exemplo disso, a temperatura máxima em Araçuaí, em Minas Gerais, chegou a 44,8°C, no dia 19 de novembro, que foi considerado o dia mais quente no histórico de medições do Brasil.

Até o momento, foram registradas oito ondas de calor, desde o início do ano.

PREVISÃO DE DEZEMBRO ATÉ MARÇO DE 2024

No Brasil, a previsão para o verão (22/12/23 a 20/03/24) é de persistência das temperaturas elevadas em grande parte do País, variando entre 0,5° e 1°C acima da média, principalmente, no interior das regiões Norte e Nordeste, além de áreas do norte de Mato Grosso e de Minas Gerais e oeste de Mato Grosso do Sul.

(Com informações do INMET)



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Mega roleta Mapa do site